O tamanho da falta que
você vai fazer


Quando a vida nos afastar
e com você eu não puder mais estar
eu vou ser obrigada a recomeçar
de algum ponto, de algum lugar
e só me restarão histórias pra relembrar.
A dor da distância vai me corroer
e eu não terei pra quem dizer
o tamanho da falta que você vai me fazer.
O maior grito que pode existir
é aquele que ninguém pode ouvir,
o mais doloroso ferimento
é aquele que não tem aparente sangramento,
a mais louca tristeza de uma vida
é aquela que, aos olhos dos outros, passa desapercebida.
Então, será assim que eu vou sofrer,
sem que ninguém possa ver,
provavelmente nem você vai saber.
Me pergunto por que será
que a vida interrompe etapas
e encerra histórias verdadeiras.
No entanto eu sei que não sou a primeira
nem a última que por isso vai passar.
A vida de todos em algum momento
toma rumos que não se tem como evitar.

Silvana Duboc