Obsessão

Que tivesse sido amor,
um dia deixou de ser
e não se conseguiu perceber.
Que tenha amado,
que nesse amor tenha acreditado,
um dia virou apenas dor
e aquele enorme amargor
no qual mergulhou seu coração
agora se transformou em obsessão.
Quem não se desliga de um sentimento
naquele exato momento
que ele anuncia sua despedida,
que ele grita sua partida
depois será obrigado a arrastar
por toda uma vida
uma doença difícil de curar.
Às vezes amor vem com prazo de validade fixado
e esse prazo precisa ser respeitado.
Saiba diferenciar amor de obsessão,
são sentimentos bastante diferentes.
Um remete à felicidade e à emoção,
o outro arruína qualquer coração.
Todo ser humano merece amar e ser amado,
jamais viver inutilmente obcecado.

Silvana Duboc