Pai Nosso (Original)

" Pai-Mãe", respiração da Vida, Fonte do som,
Ação sem palavras, Criador do Cosmos!

Faça sua Luz brilhar dentro de nós, entre nós e
fora de nós para que possamos torná-la útil.

Ajude-nos a seguir nosso caminho respirando
apenas o sentimento que emana do Senhor.

Nosso EU, no mesmo passo, possa estar com o Seu, para que caminhemos como Reis e Rainhas
com todas as outras criaturas.

Que o Seu e o nosso desejo, sejam um só,
em toda a Luz, assim como em todas as formas,
em toda existência individual,
assim como em todas as comunidades.

Faça-nos sentir a alma da Terra dentro de nós, pois, assim, sentiremos a Sabedoria que existe em tudo.

Não permita que a superficialidade e a aparência das coisas do mundo nos iluda, e nos liberte de tudo
aquilo que impede nosso crescimento.

Não nos deixe ser tomados pelo esquecimento
de que o Senhor é o Poder e a Glória do mundo,
a Canção que se renova de tempos em tempos
e que a tudo embeleza.

Possa o Seu amor ser o solo onde crescem nossas ações. Que assim seja.


É da oração acima que derivou a versão atual do "Pai-Nosso",
a prece ecumênica de ISSA ( Jesus Cristo).
Ela está escrita, em aramaico, numa pedra branca de mármore, em Jerusalém / Palestina, no Monte das Oliveiras, na forma que era invocada pelo Mestre Jesus. O aramaico, originário da Alta Mesopotâmia
( séc VI ac), era o idioma usado pelos povos da região.
Jesus sempre falava ao povo em aramaico.
A tradução direta, sem a interferência da Igreja, nos mostra como esta oração é bela, profunda e verdadeira, condizente com o Mestre Jesus.