Para quem precisa sonhar

Sonhar
Viajar por universos distantes
Sem pensar em limites ou fronteiras
Ir até onde ninguém nunca esteve

Idealizar
Querer , buscar , almejar
Nada pode prender o desejo
Na boca , a ânsia daquele beijo

Construir
Todos os castelos no ar
Buscar uma base para os alicerces
Solda-los no fundo da alma

Quebrar
As grades das prisões que nos impõe
Correr na areia da praia até cair de exaustão
Deixar o mar lamber as feridas imaginárias

Lutar
Por cada migalha de felicidade
Como se fosse única e a última
Romper os laços que nos atam
A conceitos e pré-conceitos que não criamos

Mapear
Nossa existência por atalhos e veredas
Que insistimos em abrir com nossas quimeras
Tornar os dias sempre o 1º dia da primavera

Que o sonho seja o prelúdio
Da realidade mais plena
A base da verdade absoluta de cada um de nós
Que a felicidade seja o alvo
Da seta do centauro que nos habita
Fazendo da vida uma caminhada vitoriosa
Rumo ao "grand finale"

Leonardo Andrade