Pessoas...

Há pessoas que não correm nenhum risco, não fazem nada,
não têm nada e não são nada...
Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões,
mas não conseguem nada, não sentem nada,
não mudam, não crescem, não amam, não vivem.
Acorrentadas por suas atitudes, elas viram escravas,
privam-se de sua liberdade.
Somente a pessoa que corre riscos é livre!