Por isso agora eu ando devagar

É que eu já andei depressa
e não consegui chegar
por isso agora eu ando devagar.
É que eu já quis tanto
que decidi me aquietar
e parar de querer
o que não posso ter.
É que eu já me senti especial,
etc e tal
e depois eu descobri
que eu sou isso mesmo aqui,
apenas uma mulher normal,
nada diferente, toda igual.
É que me fizeram acreditar
que ao meu lado era possível sonhar
e que eu era ideal pra se amar.
Tudo conto de fadas,
em certo ponto surgiu a bruxa malvada
e duramente me fez ver
que meu amor não tem poder,
não faz ninguém me querer
por maior que ele possa ser.
É que eu já fui e já voltei
tantas vezes que nem sei,
eu já insisti, eu já tentei.
Já fui menina e fui mulher,
fui caixinha de surpresas,
fui Eva, com certeza,
já fui lua embebida de beleza.
Já fiquei nua pra chamar a atenção,
já fui duas mulheres numa só,
Já fui laço, já fui nó,
já fui razão, fui emoção,
já fui eclipse, fui vulcão,
já fui inverno, fui verão.
Já fui tantas de uma vez
e a vida por mim nada vez.
É por isso que agora eu ando devagar
e já nem sei mais se quero chegar.

Silvana Duboc