Preciso de um tempo
Zezé de Camargo e Luciano

Eu sei que sou assim
Intransigente e complicado até demais
Eu sei que sou assim
Cabeça dura, tipo que não volta atrás
Eu reconheço os meus defeitos
Mas sei que ninguém é perfeito
Tente entender
Pra sentir a falta que você me faz
Preciso de um tempo, um motivo a mais
E às vezes eu preciso de um tempo só
Pra me entender comigo
Uma cerveja, um papo em algum lugar
Não vai fazer eu te esquecer,
Deixar de amar
É na distância que eu descubro
O que eu preciso
Seu abraço é meu abrigo...
Deixa eu sentir saudade de você,
de você, de você
Deixa eu sentir a falta que você,
que você me faz
Deixa eu sentir vontade
de te ver, de te ver, de te ver
Um pouco de ciúme nunca é,
nunca é demais.

.*.*.*.*.

Eu sei que sou assim
Cabeça dura, tipo que não volta atrás
Eu reconheço os meus defeitos
Mas sei que ninguém é perfeito
Tente entender
Pra sentir a falta que você me faz
Preciso de um tempo, um motivo a mais
E às vezes eu preciso de um tempo só
Pra me entender comigo
Uma cerveja, um papo em algum lugar
Não vai fazer eu te esquecer,
Deixar de amar
É na distância que eu descubro
O que eu preciso
Seu abraço é meu abrigo...
Deixa eu sentir saudade de você,
de você, de você
Deixa eu sentir a falta que você,
que você me faz
Deixa eu sentir vontade
de te ver, de te ver, de te ver
Um pouco de ciúme nunca é,
nunca é demais,
nunca é demais...
Um pouco de ciúme
nunca é demais...