Presente do Dia dos Namorados

Será que eu consigo encontrar
na terra, no céu, no mar
algo para lhe dar
que possa fielmente retratar
o que vai dentro do meu coração?
Será que existe nesse mundão
um presente que tenha a dimensão
do meu amor e da minha paixão?
A grande e cruel questão
é que estou chegando a conclusão
que esse presente não foi inventado,
portanto, no dia dos namorados
não sei o que vou lhe dar.
Mas tinha que existir em algum lugar
algo que se assemelhasse ao meu sentimento
e que, por você, ao ser tocado
o transportasse para um momento
mágico e encantado.
Definitivamente estou numa cruel situação
e pressinto que só haverá uma solução.
Vou arrancar do peito o meu coração,
embrulhar com um papel especial
e dar um laço fenomenal.
Junto seguirá um cartão
onde expressarei a minha emoção:

"Meu amor,
como não encontrei nada para comprar
que pudesse representar
como é o meu jeito de lhe amar
segue algo inusitado
que do meu peito foi arrancado
sem ferir, sem machucar.
Apenas vou lhe alertar
que meu presente é para ser encaixado
no pedaço que com você já está guardado.
Pois é, quando eu rasguei meu peito
num tremendo ato de loucura
descobri que uma das metades dele
há muito já é sua."

Feliz dia dos Namorados!

Silvana Duboc