Próximo encontro

Mais uma noite
Que me levas ao delírio
De um amor louco
De um momento único
De sedução e muito tesão
De carinhosa paixão

Tens as palavras certas
E tocas cada ponto
Do meu corpo com a
Precisão de um mestre
Na arte do ato de amar

Faz-se sentir única
A cada vez que
Me envolves com
Teu canto de boto
Na época de acasalar

E, então, enlouqueço,
Quando passeias
Pelas minhas entranhas
Com tua língua quente

Com tuas mãos leves
Me faz conhecer
Cada vez mais
Os caminhos do prazer

Teu sussurrar ao ouvido
Me deixa zonza, quando,
muito deliciosamente,
Me dizes coisas vulgares

Preparas o bote
E me penetras forte,
Gritando meu nome

E, assim, a noite vai:
Tu me seduzes e
Me possuis à exaustão,
Até a madrugada chegar...

Aí, partes e me deixas
A sonhar com nosso
Próximo encontro
Onde viveremos nossas
Fantasias mais ousadas
Da forma mais vulgar
Que alguém possa imaginar

Eleonora
12.02.03 - 13h40