Que venha a primavera

Que venha a primavera
tão florida e tão singela
como costumava ser no passado.
Que venha muito colorida
e sem nenhum tom borrado.
Que ela traga para todas as vidas
o aroma de um jardim bem tratado.
Que venha a primavera
e de mãos dadas com ela
sonhos que não foram realizados
e a descoberta de mistérios
que não foram desvendados.
Que junto do inverno
partam os momentos amargos.
Que no céu o sol fique estampado
e, por ele, destinos sejam iluminados.
Que venha a primavera, o verão,
o outono, qualquer outra estação,
pois o inverno não trouxe a solução
para o meu, o seu, o nosso coração.

Silvana Duboc