Quem dera

Quem dera pudesse destecer o tempo
Desmanchar as noites e as auroras
As buscas, as esperas,
Os sonhos vãos...

Quem dera pudesse desfazer os nós
Com que, aos teus, amarrei meus passos,
Tuas cheganças, tuas partidas, nossos abraços,
Minha ilusão...

Quem dera pudesse enfim apagar tua imagem
A ausência de teus gestos
Que me traz à boca
O sabor da solidão...

Maricell