Restaurante canibal

Viajando por uma região de canibais, o arqueólogo chega
a uma lanchonete escondida no meio da selva.
O cardápio chama sua atenção:


Lanchonete Canibal
Só servimos carne importada
- Missionário inglês frito . . . . . . . . . . . . . US$ 30,00
- Turista americano a moda do chef . . . . .US$ 25,00
- Freira italiana ensopada . . . . . . . . . . . . . US$ 35,00
- Político brasileiro ao forno . . . . . . . . . . US$ 250,00
- Político brasileiro do PT ao forno . . . . .US$ 300,00

Não aceitamos cheques.

Intrigado com a disparidade de preços, ele pergunta ao dono da espelunca a razão dos pratos elaborados com políticos brasileiros serem tão caros. O empresário, então, lhe explica:
- Bom, o cara lá do Brasil, que exporta para nós, garante
que político brasileiro é muito difícil de ser caçado, principalmente do PT. Para piorar, meu cozinheiro disse
que eles levam horas e horas cozinhando. E tem mais:
o senhor, por acaso, já tentou limpar um deles?