Sempre gostarei de ti

Amigo!
Por que andas assim, amargurado, visivelmente
perturbado, inseguro, cansado?
Pena não ver nas tuas obras aquele jeito maneiro
de dizer as coisas por inteiro como sempre fizeste!
Pena não sentir-te apaixonado, superando teus limites
na luta por teu ideal.
Pena sentir-te alquebrado, talvez um tanto inconformado
por erros que não são teus e que consertarás jamais...
Aliás, pode ser que, o que achas errado,
não o seja para os demais...
Continua tua luta pois sem ela não haverá vitória,
nem mesmo a tão sonhada glória...
Espanta os teus pensamentos que vestem os teus amigos
como queres vê-los, não como realmente são.
Procura esquecer a dor, encontrar o amor e viver!
Sempre haverá alguém que, por mais que faças, gostará de ti.

Cleide Canton