Sonhos

Sonhos são pedacinhos de esperança
que caminham como uma criança
que começa a aprender a andar,
portanto, passível de cair e se machucar.

Sonhos são pontos e vírgulas
que não sabemos onde colocar.
São infinitas dúvidas
que não conseguimos decifrar.

Sonhos são claridades e escuridões
que norteiam nossos corações.
São desejos que se atiram ao mar
sem a certeza de que sabem nadar.

Sonhos são como fogo que se alastra,
como tempestade que não passa,
como gota que pinga sem parar,
como o sol que insiste em brilhar.

Sonhos são caminhos desconhecidos
que oferecem vitórias ou perigos
e que podem facilmente se realizar
ou num rio de lágrimas se afogar.

Silvana Duboc