Sou líquida

Sou líquida,
sólida jamais eu poderia ser
pois minha tendência é escorrer.
Escorrem minhas lágrimas
sem que eu possa perceber,
escorre minha emoção
formando poças de inspiração.
São líquidos os meus beijos
e ainda mais os meus desejos.
Sou líquida pois sou inundação,
eu mesma afogo meu coração.
Sou gotas de paixão
e sou maremoto de ilusão.
Sou líquida como o mar,
como o pingo da chuva que vem molhar,
sou líquida como rio onde se vai pescar
e tão líquida como um córrego
que um dia vai secar.

Silvana Duboc