Todo dia

Todo dia agora
Você vem para me amar
Com muito fogo e desejo
Estampados no olhar
Me seduz num jogo perfeito
De palavras doces
Gestos delicados
Mãos calmas e hábeis
Sempre a me acariciar
Língua quente, indecente
Por meu corpo a vagar
Parece que sempre procura algo
Que nunca consegue encontrar
Me fazendo enlouquecer
E gozar, gozar, gozar...
Bebe então todo esse gozo
Me fazendo delirar
Com todo esse prazer
Que só você sabe me dar
Prazer que mal termina
E já volta a provocar
Vem então mais uma vez
E me faz assim
Muito mais mulher
Desse jeitinho
Safado e gostoso
Que eu sei
Que você quer

Eleonora
15.02.03 - 10h08