Um e o outro

Um quer muito e o outro não,
um ama e o outro sente apenas tesão,
um insiste na mesma companhia
e outro facilmente faz a substituição.

Um simplesmente fica e o outro namora,
um curte e o outro adora,
um nem se lembra de dar um telefonema,
o outro faz da espera um dilema,
um tem grandes esperanças,
o outro, pra isso, não dá confiança.

Um pensa: um dia mudo essa situação,
enquanto o outro busca uma nova emoção.
um está perdendo o seu tempo,
o outro está jogando sua vida ao vento.

Silvana Duboc