Um novo tipo de namorado

Meu estado civil é indefinido,
é assim desde que deixei de estar contigo.
Indefinida é a minha situação
pois apesar da nossa distância
você ainda mora no meu coração.
Ainda tenho em abundância
carinho e amor pra lhe dar
portanto no dia dos namorados
não posso lhe ignorar.
Presentes não vou lhe mandar,
flores não vou lhe enviar,
mas era do seu lado que eu queria estar.
Se outra já ocupou o meu lugar
eu posso e vou ignorar.
Farei de conta que você ainda é meu,
que o tempo não afastou você e eu,
que ainda vivemos em plena lua de mel,
que o nosso limite é o céu.
Namorado nem sempre é quem está do nosso lado,
às vezes ele está distante e em nós tão colado.
Namorado é quem vive dentro da nossa ilusão,
que mexe e remexe na nossa emoção,
que faz parte dos nossos sonhos mais bonitos
e tem dentro de nós um espaço irrestrito.
Namorado é quem já foi e não deixa de ser
a razão do nosso viver,
é quem pela nossa vida já passou
e não sabe que nela se perpetuou.
Namorado é mais que companhia
é um sentimento que nunca se esvazia
e que vive em nós toda hora, todo dia.
Namorado é, também, aquele que nos tirou o chão,
mas antes disso nos deu seu coração.


Silvana Duboc