Uma ilusão que perdurava

Havia uma grande dúvida no ar,
mas quem de nós não tem dúvidas pra colecionar?
Havia uma terrível insegurança,
mas ela sempre vinha acompanhada da esperança.
Havia uma necessidade de acreditar
em tudo que se ouviu falar,
havia um desejo de confiar.
Havia de tudo um pouco,
um sentimentos louco,
que não podia ser explicado.
Havia um caso complicado
que continuava em andamento.
Havia um terrível tormento
por conta da incerteza,
mas apesar de tudo isso
havia uma beleza
sutil e permanente,
invisível e insistente
que não podia ser contestada.
Havia uma ilusão que perdurava.

Silvana Duboc